imageimageimageimageimageimageimageimageimage
previous next

REMO

Rede de Modelagem e Observação Oceanográfica

 

Descrição: Com o objetivo de desenvolver modelos de circulação oceânica com capacidade de assimilar dados e prover observações oceanográficas para as regiões de atuação da indústria de petróleo na costa brasileira, a PETROBRAS, a Universidade de São Paulo, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Universidade Federal da Bahia e a Fundação Universidade do Rio Grande assinaram convênio para a estruturação de uma rede de excelência em Modelagem e Observacao Oceanografica (REMO). Em princípio, a REMO visa apoiar projetos e estudos ambientais. Entretanto, o enfoque dos trabalhos deve ser predominantemente científico, gerando trabalhos e publicações, e consolidando ferramentas que possam ser utilizadas na operacionalização futura destes modelos. Na USP, o Instituto Oceanográfico, através de seu Laboratório de Modelagem Numérica Oceânica (LABMON), será a unidade partícipe na REMO. O Coordenador do LABMON será o representante da USP no Comitê Gestor da Rede, juntamente com representantes do CENPES e das outras instituições. .

Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Edmo José Dias Campos - Coordenador / Clemente Tanajura - Integrante / MAURO CIRANO - Integrante / Afonso de M Paiva - Integrante / Ivan Dias Soares - Integrante.

Financiador(es): Centro de Hidrografia da Marinha do Brasil - Cooperação / Centro de Pesquisas da PETROBRAS - Auxílio financeiro / Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira - Cooperação / Laboratório Nacional de Computação Científica - Cooperação / Universidade Federal da Bahia - Cooperação / Universidade Federal do Rio de Janeiro - Cooperação / Universidade Federal do Rio Grande - Cooperação.Número de orientações: 5